fbpx

 

Quando nós falamos em produtos, normalmente nós já pensamos em algo físico, envolto em embalagens e, de preferência, bem bonito e usual. Porém, e se essa embalagem a qual nos referimos estiver vazia? Será apenas uma embalagem e não um produto completo. É exatamente assim que acontece com o Marketing Pessoal.

Você é um produto, o seu próprio produto. Parece difícil de imaginar como produto, algo que pode ser utilizado por outras pessoas. Os profissionais mais bem cotados no mercado são como os grandes produtos que foram trabalhados de forma minuciosa para que eles atendessem a demanda do mercado de trabalho.

Agora que nós sabemos que os profissionais são um verdadeiro produto, que tal utilizar isso a nosso favor? Assim como uma pedra bruta, um profissional não sai preparado para o mundo de uma hora para outra. Ele precisa de capacitação, precisa de conhecimento, de lapidação, como se fosse uma pedra. Essa lapidação acontece através de um plano de marketing pessoal.

E um plano de marketing pessoal é fácil de ser implantado? Sim! Quando nós temos um plano estratégico de marketing pessoal, a gente consegue fazer com que aumente a probabilidade de conseguir melhores resultados e realizações, como promoções no trabalho ou um emprego melhor. Uma das vertentes que você pode utilizar é o marketing de conteúdo.

Os passos podem ser mais simples, como começar com um blog. Você pode expor na internet todo o seu conhecimento e atrair novas possibilidades. Uma rede que pode ser bastante explorada é o Linkedin, já que lá os relacionamentos profissionais estão em maior ênfase. Mas nada o impede de explorar o Instagram ou Facebook.

É interessante também porque você acaba fazendo a sua própria marca. Procure sempre abordar a honestidade dentro do campo empresarial, de modo que quem esteja te acompanhando, também se identifique com seus preceitos éticos. O marketing de conteúdo preza muito também pelo relacionamento. Sempre leia e responda os comentários que surgirem em suas publicações.

Agregue valor! Desde o começo da nossa conversa a gente deixou claro que a embalagem vazia não é atraente. Por isso, quanto mais conteúdo divulgar, mais interessante será. Lembre-se sempre: uma embalagem é apenas uma embalagem quando o conteúdo não é interessante.

Por esse motivo, procure sempre estar em constante atualização e formação com a sua área de atuação – procure um curso de idioma, de MBA, cursos de extensão ou pós-graduação. Deixe claro a sua sede por conhecimento, já que estamos exatamente nessa era e o conhecimento será o seu maior valor. Se você sabe falar muito bem um segundo idioma, que tal gravar vídeos ensinando noções básicas? Isso irá demonstrar uma área de domínio que pode ser explorada por você.

Como eu faço para me promover?

A principal dica é que você comece por onde se sente mais confortável. Suponhamos que você goste de vídeos, então porque você não começa gravando vídeos sobre os assuntos que você mais domina? E se você gosta de escrever, porque não começa escrevendo sobre os assuntos que você domina?

Estamos na era digital, onde a informação é consumida de forma muita rápida. Assim sendo, estar presente nesse mercado servindo como fonte de inspiração e acompanhamento, é a ferramenta principal do Marketing de Conteúdo. Se promova em grande estilo e espere as coisas boas acontecerem.

Desenvolvimento pessoal através do marketing de conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *