fbpx

Inglês?

Sim, inglês!!!

O inglês arcaico ou antigo, também conhecido como anglo-saxão ou língua dos anglos, começou a nascer nas ilhas britânicas.

Muito falado em partes do que são hoje a Inglaterra e o Sul da Escócia, entre meados do século V e meados do século XII.

Com a introdução do cristianismo, ocorre a primeira influência, com palavras do latim e do grego.

Tendo também, posteriormente influência do francês.

Ingles Arcaico

Algumas pessoas gostam de falar ou escrever em inglês arcaico, pois soa mais bonito.

Mas elas deviam ao menos fazer o uso correto desta linda gramática.

Idiomas são constantemente alterados.

O inglês antigo, do século V é bem diferente em relação ao falado nos dias de hoje, que por sua vez será bem diferente do inglês falado no ano de 3020.

Provavelmente, no futuro as pessoas pensarão sobre o nosso inglês, o mesmo que nós pensamos a respeito do arcaico.

Conforme foi transitando do inglês médio para o que falamos hoje, ocorreu muita confusão com coisas como:

“heo” no lugar de “she”

“hit” no lugar de “it”

“hem” no lugar de “them”

O inglês arcaico é bem diferente do usado hoje, e sem dúvidas, muito mais formal:

Ingles Arcaico 1

(tu não podes tocar isto!

É a hora do martelo!)

Ingles Arcaico 2

Ye = Vós (Ye também era uma forma de escrever The.)

Thou = Tu

Thee = A ti, Contigo, Te, Ti

Thy/Thine = O, Os, A, As, Vós, Vos

Art = És (quando junto a Thou = Thou Art)

Shakespeare é um ótimo exemplo de alguém que brincava com as sentenças do inglês arcaico:

John caught the ball (John pegou a bola)

Sujeito (S) + Verbo (V) + Objeto

Tal sentença teria sido perfeitamente entendida nos dias dele, no entanto, para atender as necessidades de um verso branco, que pedia dez silabas em cada fala, Shakespeare usava muito a inversão S + O + V.

John the ball caught (John a bola pegou)

Ao usar a inversão de palavras, Shakespeare podia fazer o uso métrico sempre que necessário, aplicando-a em qualquer parte da sentença.

Como por exemplo:

The ball John caught (a bola John pegou)

Tais brincadeiras são encontradas até hoje em músicas britânicas.

Que inclusive são uma ótima forma de enriquecer o vocabulário.

Muitas vezes escutamos uma música a qual muito nos agrada, mas não entendemos o seu significado.

É interessante buscar a tradução destas músicas que nos agradam, para assim, irmos nos acostumando as pronuncias e sentenças encontradas nelas.

Tal qual assistir um filme em inglês, escutar músicas buscando suas traduções, nos ajuda muito a compreender melhor este vasto e fantástico idioma que é o inglês.

Por “T.S.”

Inglês Arcaico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento via WhatsApp